Cientistas descobrem um tipo de rato capaz de regenerar o seu coração
06 agosto 2001
  |  Partilhar:

A descoberta de um tipo de ratos de laboratório que é capaz de regenerar o seu coração depois de ter sofrido graves danos vai estimular a procura de medicamentos que possam ser úteis para a recuperação do coração humano.
 

 

 

Uma investigação que vai ser publicada na edição de terça- feira da revista Proceedings indica que os ratos de laboratório MRL podem substituir o tecido danificado do coração sem drogas ou implantes celulares, graças apenas a uma capacidade natural.
 

 

 

Até agora, a capacidade de regenerar órgãos ou tecidos só era conhecida em anfíbios e em alguns tipos de répteis, mas não em mamíferos.
 

 

 

Os investigadores, do Instituto Wistar de Pensilvânia sabem já que diferentes genes, provenientes de pelo menos cinco cromossomas desta espécie de ratos, parecem ser os responsáveis pela particularidade curativa.
 

 

 

A esperança é agora descobrir quais são esses genes e que proteínas codificam, pois tal será uma ajuda para criar medicamentos que reparem os tecidos destruídos em corações de seres humanos, o que tem grande peso visto as doenças cardiovasculares serem a primeira causa de morte nos países desenvolvidos.
 

 

 

A investigação com células embrionárias precursoras - que têm a capacidade se cultivadas de desenvolver-se em qualquer tipo de tecido - abriram uma esperança na recuperação de tecidos danificados mas o seu uso científico, envolto em polémica, pode demorar mais de uma década a dar resultados positivos.
 

 

Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.