Cientistas descobrem como HIV afecta as células do sistema imunitário

Estudo publicado na Nature

10 novembro 2006
  |  Partilhar:

 

Um grupo de cientistas dos EUA e da África do Sul descobriu como o vírus da Sida afecta células do sistema imunitário que deviam atacar a infecção, revela um estudo publicado na Nature.
 

 

Os investigadores do Massachusetts General Hospital, Bóston, EUA, e da University of KwaZulu-Natal, África do Sul, descobriram o mecanismo molecular que torna ineficaz a reacção do vírus, bem como a forma de restaurar as células imunitárias. Esta descoberta poderá ajudar a perceber o facto de o sistema imunitário não conseguir combater o HIV.
 

 

Para a realização do estudo agora feito foram recolhidas amostras de sangue de 71 pessoas infectadas com o HIV que ainda não tinham começado os tratamentos com anti-retrovirais, na região de Durban, na África do Sul.
 

 

Os cientistas verificaram que o HIV inibe o funcionamento das células T do sistema imunitário, que, em circunstâncias normais, atacariam o vírus. De acordo com os cientistas, em causa estão as células CD8, uma molécula que o vírus usa como porta para as invadir. Quando o HIV se acumula no sangue, as células CD8 começam a produzir em demasia uma molécula receptora, chamada «morte programada 1» (PD1), que se instala na sua superfície e a torna mais fraca e com menor capacidade de produzir produtos químicos, como as citoquinas, que atacam o vírus. Logo, as CD8 deixam de funcionar como sentinelas.
 

 

Os autores do estudo concluíram que os anti-retrovirais não conseguem colmatar essa disfunção. Contudo, as células acabaram por ser recuperadas após o uso de anticorpos que bloqueiam a molécula receptora PD1.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.