Cientistas de prestígio mundial candidatos ao 5º Concurso de Bolsas de Investigação

Fundação Bial recebe número recorde de 149 projectos de 23 países

07 novembro 2002
  |  Partilhar:

O 5º concurso de Bolsas de Investigação Científica da Fundação Bial recebeu o número recorde de 149 candidaturas nas áreas da Psicofisiologia e da Parapsicologia, englobando um total de quatrocentos e noventa e um investigadores oriundos de vinte e três países.
 

 

Nos projectos a concurso destaca-se a presença de prestigiados cientistas de algumas das mais famosas Universidades, como Cornell, Durham e Harvard nos Estados Unidos e Londres, Oxford e Edimburgo no Reino Unido. Mas também de Universidades australianas, russas, alemãs, japonesas, francesas, canadianas, suecas, holandesas, entre outras. Também se propõem a desenvolver trabalhos, sob o rigor do método científico, nas áreas a concurso investigadores nacionais, que apresentaram um total de 38
 

candidaturas.
 

 

O elevado número de projectos a concurso traduz o carácter cada vez mais internacional das Bolsas de Investigação e o interesse crescente por parte da comunidade científica na procura de novos dados que permitam uma real progressão do conhecimento do ser humano em áreas de elevado potencial de
 

investigação como são a Psicofisiologia e a Parapsicologia, tornando a Fundação Bial uma instituição de referência em Inovação.
 

 

 

Os projectos concorrentes estão agora a ser analisados pelos membros do Conselho Científico da Fundação, que reúne nomes de elevado reconhecimento nas áreas da saúde e da ciência, como os Professores Doutores Adriano Vaz
 

Serra, António Coimbra, António Damásio, António Fernandes da Fonseca, Daniel Sampaio, Dietrich Lehmann, Fernando Lopes da Silva, Hanna Damásio, Jerome Kagan, Óscar Gonçalves, Peter Fenwick e Robert Morris. As bolsas terão a duração máxima de três anos e deverão ter início entre Novembro de 2002 e Outubro de 2003.
 

 

A Fundação BIAL - instituição sem fins lucrativos considerada de utilidade pública - foi constituída em 1994 pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e pelos Laboratórios Bial. A Fundação canaliza os seus apoios ao desenvolvimento científico na área da Saúde através de duas acções distintas: as Bolsas de Investigação Cientifica e o Prémio Bial.
 

 

Como forma de fomentar o diálogo e o debate de ideias entre os seus bolseiros e toda a comunidade científica a Fundação BIAL organiza bianualmente, desde 1996, o Simpósio Aquém e Além do Cérebro.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.