Cientistas criam seis embriões por partenogénese

Investigação destina-se à produção de células estaminais

14 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Investigadores escoceses, responsáveis pela criação da Dolly, a primeira ovelha clonada, anunciaram recentemente terem conseguido a produção de seis embriões humanos sem fecundação dos óvulos por sémen, a primeira na Grã-Bretanha.
 

 

Esta técnica, chamada de partenogénese, ou "concepção virgem", segundo a etimologia grega, consiste em estimular os óvulos para provocar a divisão, como se tivessem sido fertilizados naturalmente.
 

 

Os cientistas do Roslin Institute, em Edimburgo, fizeram o teste com cerca de 300 óvulos, mas só conseguiram produzir seis embriões. Tecnicamente, esses embriões, formados por cerca de cinquenta células cada um, não poderiam gerar um bebé, dado que esta experiência é actualmente proibida pela lei britânica.
 

 

Em declarações à imprensa internacional, Poul de Sousa, membro da equipa do Roslin Institute, apontou que neste momento, não conseguiram extrair as células-estaminais desses embriões. “Mas este continua a ser o nosso objectivo". Para produzirem células-estaminais, esses embriões - produzidos por partenogénese - deveriam ter pelo menos 100 células.
 

 

As células-estaminais são células dotadas do poder de se transformar em qualquer outra célula humana. E poderiam ser utilizadas no tratamento de várias doenças degenerativas.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.