Cientistas avaliam comportamentos que influem na esperança de vida

Estudo publicado no Journal of the American Board of Family Medicine

03 agosto 2006
  |  Partilhar:

 

Um estudo publicado no Journal of the American Board of Family Medicine revela alguns dos comportamentos que podem dar mais anos à vida.
 

 

Uma pesquisa feita pelo centro médico da University of Pittsburgh, EUA, revelou que participar em cerimónias religiosas regularmente pode aumentar a esperança de vida. De acordo com o trabalho, as idas semanais à igreja podem aumentar entre dois a três anos de tempo de vida.
 

 

Os resultados também mostraram que o exercício físico regular aumenta de três a cinco anos à vida. Já os fármacos anti-colesterol foram associados a um acréscimo de dois anos e meio a três anos e meio.
 

 

Daniel Hall, investigador responsável pelo estudo, em declarações ao site LiveScience, refere que os benefícios da participação em cultos religiosos vêm mais do ambiente social do que da fé. "Há alguma coisa presente nas comunidades religiosas que traz consequências benéficas à saúde", afirmou o especialista.
 

 

O estudo sugere ainda que a religião tem um papel na redução do stress, ou pelo menos conduz a pessoa a lidar melhor com os problemas e dar sentido à própria vida.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.