Cientista austríaco desenvolve fígado artificial

Descoberta poderá salvar milhares de vidas

15 outubro 2002
  |  Partilhar:

Um novo fígado artificial desenvolvido na Universidade Danubiana de Krems (Áustria) pode salvar no futuro a vida de pessoas envenenadas ou que sofram de insuficiência hepática crónica.
 

 

A falha da função hepática para limpar o sangue tem graves consequências, como um aumento do teor de amoníaco, provocando danos irreparáveis no cérebro.
 

 

Os dispositivos habituais de diálise utilizados contra a insuficiência renal não surtem efeito nestes casos, porque apenas extraem as toxinas solúveis, enquanto que as não solúveis permanecem no corpo, o que significa a morte para o doente se não encontrar um doador de fígado compatível.
 

 

O novo fígado artificial assemelha-se a uma caixa com tubos e funciona fora do corpo, contendo substâncias que filtram o sangue e absorvem as toxinas, segundo explicou o seu inventor, o físico e médico Dieter Falkenhagen ao jornal vienense "Die Presse".
 

 

Para desenvolver este processo de depuração foi necessário superar grandes dificuldades porque, segundo Falkenhagen, é necessário eliminar estas substâncias venenosas mas manter os elementos de que o corpo necessita.
 

 

No Centro de Tecnologia Biomédica de Krems conseguiu converter-se em absorvente um granulado de polímeros, que consiste em grãos que pela qualidade especial da sua superfície aglutinam as substâncias venenosas. Este avanço torna o procedimento mais seguro e barato, sublinhou o inventor.
 

 

Os primeiros testes realizados na Clínica Universitária de Viena tiveram resultados muito positivos, devendo o dispositivo ser lançado em breve no mercado, anunciou Falkenhagen.
 

 

O fígado artificial poderá ser útil em casos como os que ocorreram com grande frequência este ano na Europa central, onde aconteceram envenenamentos frequentes pelo consumo de cogumelos altamente tóxicos por confusão com as espécies comestíveis.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.