Ciência e arte cruzam-se num musical

«O Último Tango de Fermat» estreia no Porto

13 novembro 2003
  |  Partilhar:

Uma história de amor que cruza os caminhos do rigor da ciência e a imprevisibilidade do humano é o que propõe «O Último Tango de Fermat», peça de teatro que estreia esta quinta-feira no Porto.Adaptado do musical que estreou em 2000 nos Estados Unidos, «O Último Tango de Fermat» conta a história verídica de um matemático que, em 1993, anunciou ter conseguido resolver o Teorema de Fermat, do famoso matemático francês do século XVII. «É uma história de amor que fala da renúncia, das lutas internas e dos medos dos homens», afirmou à Lusa Cláudio Hochman, que assina a encenação.O musical, que combina opereta, pop e tango, é sobre alguém que «luta por protagonismo, que busca a imortalidade ao tentar conservar o seu lugar na História», explicou o responsável.A peça fará carreira no Teatro Helena Sá e Costa, no Porto, de quinta-feira a sábado, seguindo depois em digressão pelo país, com passagem por Leiria, Portalegre, Aveiro e Castelo Branco.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.