Cidades com bandeira verde

Ministro do Ambiente quer distinguir espaços hurbanos

16 maio 2004
  |  Partilhar:

 O ministro do Ambiente e das Cidades, Amílcar Theias, defendeu domingo a ideia de uma «bandeira verde» para as cidades, em função de critérios ambientais e de ordenamento, que condicionarão os financiamentos da administração central.O governante, que esteve domingo no lançamento da primeira pedra do parque urbano de São João da Madeira, que envolve a requalificação ambiental das margens do Rio Antuã, disse que as relações entre o governo central e as cidades não podem ser vistas de uma forma unilateral e implicam também compromissos do poder local.«A nova Lei das Finanças Locais deverá traduzir essa reciprocidade e as cidades serão avaliadas por critérios ambientais e de ordenamento do território», para efeitos de financiamento público.Para tal, explicou o ministro, serão sujeitas a auditoria que terá em conta aspectos como as áreas de zonas verdes e de lazer, a qualificação dos centros históricos, a planificação, a existência de circuitos pedonais e os níveis de poluição e de ruído, entre outros.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.