«Chips» biodegradáveis para tratamento do cancro do fígado

Médicos de Singapura aperfeiçoaram novo método

04 maio 2004
  |  Partilhar:

 Médicos de Singapura aperfeiçoaram um novo tratamento do cancro do fígado baseado em «chips» biodegradáveis injectáveis no corpo de pacientes que não suportam os medicamentos ou as radiações. O tratamento revelou-se eficaz em ensaios feitos em porcos e ratos, disse ao jornal Strait Times o director do departamento de cirurgia experimental do Hospital Geral de Singapura, Pierce Chow.O estabelecimento procura pacientes que não suportem o tratamento clássico à base de radiações e medicamentos para servirem de cobaias, refere ainda o mesmo jornal. O novo tratamento utiliza a mesma medicação mas administra-a graças a «chips» biodegradáveis injectados directamente no tumor com a ajuda de uma seringa.Os «chips» contêm isótopos radioactivos que destroem as células num raio de apenas oito milímetros, limitando os danos em tecidos sãos próximos do tumor, ao contrário do que acontece com o método clássico, cujos efeitos secundários são importantes. Se os ensaios em pessoas forem concludentes, o tratamento poderá estar disponível dentro de três anos e servir para outros cancros, como os da mama, pâncreas e pulmões.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.