Chinesas testam medicamento do orgasmo

Teste clínico atrai mais de 200 voluntárias

05 setembro 2004
  |  Partilhar:

 Mais de 200 mulheres chinesas ofereceram-se como voluntárias para testar um novo medicamento que promete ajudar a ter um orgasmo, noticiou na semana passada a imprensa local.Os médicos e os organizadores do teste no maior Hospital universitário de Pequim dizem-se surpreendidos pelo elevado número de voluntárias. «São mais as mulheres que hoje em dia prestam atenção à qualidade da sua vida sexual, o que durante muito tempo foi um tabu na sociedade chinesa», explica Zhang Miao, o médico responsável pelos testes.Não deverá por isso ser difícil recrutar 400 voluntárias, que deverão testemunhar pelo menos quatro vezes os efeitos do medicamento numa reunião com médicos e investigadores, segundo o clínico.Ao fim de um período de dois meses, as mulheres farão uma avaliação final do produto farmacêutico, indica o jornal de Pequim Beijing Chenbao.Outro sinal da evolução de comportamentos na China é o facto de o Instituto chinês de sexologia e a Associação Médica chinesa terem lançado a semana passada o primeiro questionário de envergadura nacional sobre as experiências sexuais das mulheres.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.