Chefe abusivo pode arruinar a vida familiar dos funcionários

Estudo publicado na revista “Personnel Psychology”

15 dezembro 2011
  |  Partilhar:

Ter um patrão abusivo pode fazer mais do que estragar o dia no escritório, também pode prejudicar a vida familiar, sugere um estudo publicado na edição on-line da “Personnel Psychology”.

 

O estudo liderado por Dawn Carlson, da Universidade Baylor, nos EUA, incluiu 280 empregados a tempo inteiro e seus parceiros, que completaram inquéritos on-line.

 

Os investigadores verificaram que o stress e a tensão infligidas por um patrão abusivo a um empregado também afectam o relacionamento com o parceiro e com o resto da família. No entanto, quanto maior é o tempo da relação entre o empregado e o seu parceiro menor é o efeito.

 

Os investigadores também descobriram que ter mais filhos significava uma maior satisfação familiar para o empregado. "Estes resultados têm implicações importantes para as organizações e para os seus gestores. A evidência ressalta a necessidade de as organizações enviarem uma mensagem inequívoca para aqueles que ocupam posições de chefia que consiste no facto de o comportamento hostil não ser tolerado", disse em comunicado de imprensa o autor do estudo.
 

O abuso por parte de um chefe pode incluir acessos de raiva, grosseria, críticas públicas e acções imponderadas, segundo explicaram os autores. "À medida que o abuso dos supervisores aumenta, aumenta a tensão no relacionamento, o trabalhador está menos motivado ou menos capaz de se envolver em interacções positivas com o seu parceiro e outros membros da família", disse Merideth Ferguson, co-autora do estudo.
 

De acordo com o estudo, as empresas e outras organizações devem encorajar os funcionários a usar os programas de assistência ao empregado e outros recursos, tais como aconselhamento e gestão do stress, para que encontrem maneiras de reduzir o impacto de um chefe abusivo sobre as suas famílias.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 11Média: 4.5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.