Chave para deixar o cigarro pode estar no método escolhido
21 março 2004
  |  Partilhar:

Pastilhas, adesivos, comprimidos ou pulverizadores de nicotina são alguns dos métodos actualmente comercializados para deixar o tabaco e escolher correctamente uma destas opções pode determinar a probabilidade de sucesso. Um estudo publicado na revista Annals of Internal Medicine demonstrou que há determinadas características de cada fumador que podem estipular qual dos métodos é o mais eficaz. Entre 70 a 80 por cento dos fumadores que recorrem a estes suplementos não consegue abandonar o vício a longo prazo. O trabalho permitiu verificar que os resultados obtidos diferiam de fumador para fumador. Os indivíduos que não tinham problemas de peso e sem grandes níveis de dependência deram-se melhor com os adesivos. Os obesos, com elevada dependência e pertencentes a uma minoria étnica reagiram melhor aos pulverizadores nasais. Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.