Chá verde diminui gordura concentrada na barriga

Estudo da Universidade do Porto

21 julho 2010
  |  Partilhar:

O consumo de chá verde favorece a redistribuição da gordura corporal, diminuindo o tecido adiposo visceral, mais nefasto para a saúde do que o tecido adiposo subcutâneo, refere um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

 

O tecido adiposo visceral consiste na gordura que se concentra na barriga, enquanto o tecido adiposo subcutâneo é a gordura que se acumula por debaixo da pele, sobretudo nas coxas e nádegas.

 

A investigação, integrada num estudo dos efeitos de vários componentes alimentares na gordura corporal, avaliou dois grupos de ratinhos: a um foi dado a beber chá verde e a outro água, durante meio ano. Todos os animais aumentaram de peso ao longo deste período, mas os roedores que consumiram chá “ganharam menos peso do que o grupo de controlo”, adiantam os especialistas em comunicado enviado à imprensa.

 

Os cientistas analisaram ainda as diferenças encontradas no tecido adiposo subcutâneo e visceral nos dois grupos de ratos, tendo verificado que o tecido adiposo dos animais que beberam chá apresentava um número maior de células em proliferação e adipócitos (células que armazenam gordura) mais pequenos do que os do grupo de controlo. Os que beberam chá também apresentaram um aumento do número de células em apoptose (morte celular programada) no tecido adiposo visceral, favorecendo a sua redução.

 

Deste modo, os investigadores sublinham que “o consumo de chá verde interfere na organização da gordura corporal, criando um padrão celular mais saudável e menos propenso ao desenvolvimento de patologias”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 3Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.