Chá verde associado a menor risco de desenvolvimento de cancro do estômago

Estudo publicado na "Gut"

29 setembro 2009
  |  Partilhar:

A ingestão de chá verde está relacionada com um menor risco de desenvolvimento de cancro do estômago nas mulheres, revela um estudo publicado na revista científica “Gut”.

 

A relação entre o consumo de chá verde e a prevenção do cancro tem sido alvo de vários estudos nos últimos anos. Os investigadores suspeitam que os antioxidantes presentes nesta bebida possam proteger contra esta doença mortal por actuarem sobre as bactérias que estão associadas a este tipo de cancro.

 

Para este estudo, a equipa de investigadores do National Cancer Center, de Tóquio, Japão, analisaram os dados de seis estudos, os quais envolveram no total cerca de 219 mil homens e mulheres com mais de 40 anos, que foram acompanhados durante um período com uma duração entre sete a 11 anos.

 

Durante este período de acompanhamento, os investigadores constataram que morreram aproximadamente 2.500 dos 100 mil homens e cerca de 100 das 119 mil mulheres.

 

O estudo revelou que, quando comparado com o consumo de apenas uma chávena, o consumo diário de cinco ou mais chávenas de chá verde estava associado a uma diminuição de cerca de 20% no risco de desenvolvimento de cancro do estômago. No entanto, esta associação só foi observada nas mulheres.

 

Apesar dos resultados encontrados, os autores do estudo sustentam que é necessário prosseguir com mais investigação de forma a descobrir se realmente o consumo de chá diminui o risco de desenvolvimento de cancro do estômago.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.