Certificados de óbito em papel acabam este ano

Dados revelados pelo director-geral de Saúde

20 abril 2009
  |  Partilhar:

Os certificados de óbito em papel vão acabar em Portugal até ao final do ano, passando a ser feitos por via electrónica, anunciou na semana passada o director-geral de Saúde, Francisco George.

 

Francisco George explicou que os médicos vão passar a preencher os certificados de óbito de forma electrónica: ao digitar o número do Bilhete de Identidade da pessoa que morreu, o médico terá acesso imediato aos dados de identificação dessa pessoa através de uma base de dados.

 

Com esta medida, os médicos perderão menos tempo com aspectos relativos à identificação da pessoa falecida e poderão dedicar-se mais às informações médicas. Para além disso, os médicos vão poder optar entre registar electronicamente a causa de morte ou, então, navegar na Classificação Internacional das Doenças para procurar a causa de morte, acrescentou Francisco George.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.