Cérebro adapta-se rapidamente às lesões

Estudo publicado na revista “Neurology”

19 janeiro 2012
  |  Partilhar:

O cérebro adapta-se rapidamente a uma lesão, de acordo o estudo publicado na revista “Neurology” que constatou que há um aumento de tamanho nas áreas do cérebro que compensam o lado do corpo lesionado.

 

Para o estudo os investigadores da Universidade de Zurique, na Suiça, contaram com a participação de 10 indivíduos destros que tinham sofrido uma lesão na parte superior deste braço, necessitando de um apoio para o braço  durante pelo menos 14 dias. O braço e a mão direita estiveram limitados a pequenos ou nenhum movimento durante o período do estudo. Como resultado, os participantes utilizaram a mão esquerda para realizar as atividades diárias, como escovar os dentes, comer ou escrever. Nenhum dos participantes sofria de danos cerebrais, doença psiquiátrica ou danos nervosos.

 

Os participantes foram submetidos a duas ressonâncias magnéticas em dois momentos distintos: a primeira foi realizada dois dias após a lesão e a segunda 16 dias após a colocação de gesso ou banda de suspensão. As ressonâncias magnéticas mediram a quantidade de substância cinzenta e branca. As capacidades motoras dos participantes, nomeadamente os movimentos da mão e do braço e a velocidade dos movimentos do pulso foram também avaliados.

 

O estudo revelou que a quantidade de substância cinzenta e branca no lado esquerdo sofreu uma diminuição de cerca de 10%, enquanto a quantidade de substância cinzenta e branca no lado direito do cérebro aumentou de tamanho.

 

“Também observamos uma melhor capacidade motora na mão esquerda, mão não lesionada, o que está diretamente relacionado com um aumento da espessura do cérebro do lado direito”, revelou em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Nicolas Langer. “Estas alterações estruturais no cérebro estão associadas à transferência de competências da mão direita para a esquerda”, explicou o investigador.

 

Nicolas Langer conclui que “estes resultados são especialmente interessantes para o desenvolvimento de terapias de reabilitação para os indivíduos que sofreram um acidente vascular cerebral ou outro tipo de problemas”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.