Cerca de 50 mil mortos nas estradas da Europa são peões, motociclistas e ciclistas

Dados da OMS

29 dezembro 2009
  |  Partilhar:

Na Europa, 70% das mortes ocorridas em acidentes rodoviários, num total de 120 mil, verificam-se nos países mais pobres e em 40% (cerca de 50 mil) dos casos as vítimas são peões, motociclistas e ciclistas, indica um estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

O relatório, elaborado pelo Departamento Regional da OMS para a Europa, também revela que os países perdem anualmente até 3% do seu Produto Interno Bruto (PIB) com despesas de saúde, morte prematura e absentismo ao trabalho das vítimas dos acidentes rodoviários.

 

Segundo o estudo da OMS, um terço dos países da Europa não faz um controlo eficaz da velocidade dentro das localidades e 10% dos países ainda não têm qualquer lei que obrigue ao uso do cinto de segurança.

 

Um quarto dos países europeus não possui qualquer estratégia multissectorial para prevenir os traumatismos dos acidentes rodoviários.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.