Centro Nacional de Referência para tratar doentes com sarcomas

Especialistas propõem a sua criação

17 agosto 2010
  |  Partilhar:

É necessário criar no país um Centro Nacional de Referência para tratar os doentes com sarcomas, alertaram especialistas reunidos nos “Encontros da Primavera” sobre oncologia, que decorreram recentemente em Évora.

 

Os sarcomas são tumores raros, que representam cerca de 1% de todos os tumores e que são caracterizados por serem heterogéneos e precisarem de uma abordagem multidisciplinar. A raridade e o facto de haver vários tipos de sarcomas dificultam o diagnóstico correcto. Por essa razão, advertem os especialistas, citados pela agência Lusa, o diagnóstico desta doença deve ser feito por profissionais de saúde experientes e conhecedores.

 

Entrevistado pela Lusa, José Casanova, da Unidade de Tumores do Aparelho Locomotor dos Hospitais da Universidade de Coimbra, esclarece que o Centro Nacional de Referência faz sentido “pela experiência que é necessária para tratar estes doentes, pela diminuição da probabilidade de erro nos diagnósticos com impacto na sobrevida e qualidade de vida destes indivíduos”. Por outro lado, defendeu, responderá à “necessidade de haver estatísticas significativas e fidedignas nesta área, mas principalmente pela vantagem de tornar os tratamentos muito mais eficazes e economicamente mais rentáveis para o Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.