Centro de Portugal é região do mundo com mais dadores de órgãos

Dados divulgados pelos Hospitais da Universidade de Coimbra

04 março 2010
  |  Partilhar:

A região do centro de Portugal foi a área do mundo com mais dadores de órgãos para transplantes por milhão de habitantes em 2009, segundo uma nota divulgada pelos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), que cita dados da Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação (ASST).

 

O Gabinete de Coordenação de Colheita e Transplantação da Região Centro (GCCTRC), que funciona nos HUC e abrange também a região dos Açores, teve 112 dadores (59 nos HUC e os restantes nos 11 hospitais, incluindo distritais, integrados), que forneceram um total de 303 órgãos para transplante, o que representa 42,7 dadores por milhão de habitantes (pmh).

 

Em termos nacionais, Portugal registou 31,17 dadores/pmh, o que coloca o país em segundo lugar em termos mundiais, segundo os dados fornecidos à agência Lusa pelos HUC. A Espanha, líder mundial de colheitas, obteve 34,4 dadores/pmh.

 

Muito atrás do Centro do país surgem as zonas do Sul e a região autónoma da Madeira, com 28,2 dadores/pmh.

 

Em termos de unidades hospitalares, os HUC destacam-se no panorama nacional, com 59 dadores, contra 33 no Hospital de S. João e 32 no Hospital de Santo António, ambos no Porto.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.