Centenas de receitas devolvidas às farmácias por erros de preenchimento

Mais de 500 farmácias afectadas

05 janeiro 2008
  |  Partilhar:

Centenas de receitas estão a ser devolvidas às farmácias por alegados erros de preenchimento, em alguns casos da autoria de médicos ou administrativos, o que levou a Associação Nacional das Farmácias a criar um serviço para garantir os pagamentos.
 

 

O preenchimento incompleto dos cabeçalhos das receitas, a aplicação errada de vinhetas ou o recurso incorrecto à legislação que garante maiores reembolsos são alguns dos erros apontados pelas Administrações Regionais de Saúde (ARS) para devolverem as receitas às farmácias e, logo, não procederem ao pagamento do montante com que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) comparticipa esses medicamentos.
 

 

A situação foi confirmada à Lusa pelo presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), João Cordeiro, que está optimista na resolução do problema, já que esta organização tem encetado um diálogo com as ARS que se tem revelado “produtivo”.
 

 

O presidente da ANF defende um “rigoroso controlo do receituário”, mas “sem penalizações para as farmácias”, revelando que, actualmente, já foram atingidas por estas devoluções cerca de 500 farmácias.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.