Células estaminais podem servir de tratamento a doentes com AVC

Cientistas escoceses avançam com testes clínicos

22 janeiro 2009
  |  Partilhar:

Uma equipa de especialistas escoceses vai iniciar este ano testes clínicos para verificar se as células estaminais poderão vir a ser usadas para tratar pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral).  

 

Através de células retiradas de fetos abortados, os cientistas do Southern General Hospital, em Glasgow, esperam conseguir regenerar áreas cerebrais danificadas pelo AVC.  

 

Os testes, que deverão começar no segundo semestre deste ano, vão envolver, inicialmente, quatro grupos de três pacientes e vão ter a duração de dois anos.  

 

Numa primeira fase do estudo, será administrada aos pacientes uma dose de dois milhões de células-estaminais. A dose será aumentada gradualmente, ao longo do período de testes, até chegar aos 20 milhões de células, número que os médicos acreditam ser suficiente para dar início ao processo de regeneração do tecido cerebral.  

 

Em entrevista ao sítio da BBC, o líder da investigação, Keith Muir, explicou que: "Se funcionar, e funcionou em testes realizados em animais, (o tratamento) pode permitir o crescimento de novas células nervosas ou a regeneração de células existentes, dando lugar a uma recuperação real das funções nos pacientes que, de outra forma, não conseguiriam recuperá-las."  

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

ajudar quem precisa e merece

conheço uma pessoa que me e muito querida que teve um avc ha cerca de 5 meses os medicos dizem que 25 porcento do lado esquerdo morreu seria um milagre se esse tratamento pode se chegar ate ela sim pporque ela merece ert a vida dela de volta

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.