Células estaminais podem reverter defeito de nascimento

Descoberta mais uma possibilidade da técnica

13 outubro 2004
  |  Partilhar:

As células estaminais embrionárias, além de reconstituírem partes do organismo, podem segregar moléculas curativas capazes de reverter um defeito mortal de nascimento nos ratinhos, indica um estudo publicado na semana passada.Especialistas em células embrionárias enalteceram esta descoberta, feita no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center (Nova Iorque) e relatada na revista científica britânica Science.Para Kenneth Chien, da Universidade da Califórnia em San Diego, este «novo estudo excitante (...) expande o potencial terapêutico» das células estaminais.No estudo agora noticiado, os investigadores injectaram células estaminais directamente em embriões de ratinhos que iriam desenvolver defeitos cardíacos tão graves que os animais poderiam morrer no útero. O  resultado foi que metade dos ratinhos nasceu com o coração saudável. «Ficámos surpreendidos por eles terem nascido e serem normais», comentou o coordenador da equipa de investigadores, Deigo Fraidenraich.No entanto, poucas das células reconstituíram tecido cardíaco saudável. Em vez disso, segregaram certas moléculas que induziram as células próximas a modificar-se, reparando os defeitos desenvolvidos nesses tecidos. Num texto que acompanha a notícia na Science, Chien escreve que os cientistas deviam agora investigar se essas moléculas poderão também tratar doenças cardíacas nos adultos. As células estaminais embrionárias são células-mãe que podem converter-se em qualquer tecido do organismo. Muitos cientistas crêem que estudos mais aprofundados dessas células poderão um dia converter a regeneração dos tecidos num meio para ajudar a tratar numerosas doenças.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.