Células estaminais: falhou tratamento para doentes cardíacos

Estudo publicado no The Journal of the American Medical Association

03 março 2006
  |  Partilhar:

 

Um tratamento à base de células estaminais de adultos não conseguiu recuperar os danos no coração de doentes que tinham sobrevivido a um ataque cardíaco - concluiu um estudo publicado esta semana na revista The Journal of the American Medical Association (JAMA).
 

 

A equipa de Dietlind Zohlnhöfer, do Centro Alemão do Coração, em Munique, utilizou células estaminais da medula óssea, acrescentando-lhes a hormona G-CSF. A equipa alemã fez o ensaio clínico com 114 doentes, 56 dos quais receberam injecções da hormona cinco dias após o ataque cardíaco - e um grupo de controlo de 58 doentes, que receberam placebo.
 

 

Os testes feitos quatro e seis meses após o tratamento com células estaminais revelaram que, em ambos os grupos de doentes, houve melhorias - mas os doentes tratados com células estaminais não mostravam mais melhorias que os outros.
 

 

Dois estudos em humanos, publicados no ano passado, pareciam indicar que as células estaminais melhoravam as funções do coração após um ataque cardíaco. No entanto, um dos estudos envolveu 20 doentes e o outro 50.
 

 

Fonte: Público
 

Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.