Células do pénis dos homens diabéticos morrem mais cedo

Estudo realizado na Faculdade de Medicina do Porto

20 maio 2009
  |  Partilhar:

Investigadores da Faculdade de Medicina do Porto (FMUP) descobrem porque é que os homens diabéticos são mais susceptíveis a sofrerem de disfunção eréctil do que os não-diabéticos.

 

Em declarações à agência Lusa, a líder da investigação, Carla Costa, revelou que nos diabéticos há "um número muito significativo de células endoteliais (constituintes dos vasos e das artérias) que entram em auto-destruição e morrem".

 

A equipa da FMUP, que publicou os resultados do estudo no "Journal of Sexual Medicine", contou com a colaboração do cirurgião vascular Ronald Virag, director do "Centre d'Explorations et Traitements de l'Impuissance" de Paris, considerado um dos maiores especialistas nesta área.

 

Os investigadores avaliaram a estrutura e a viabilidade de treze amostras de tecido humano recolhido de homens diabéticos e cinco amostras de homens saudáveis, cedidas pelo investigador francês.

 

De acordo com Carla Costa, “os resultados demonstraram que existe um padrão repetitivo de morte celular nas células endoteliais que revestem os vasos do pénis em todos os indivíduos diabéticos".
 

Após a observação deste fenómeno, os investigadores procederam à contagem do número de células em autodestruição nas amostras dos dois grupos de homens e verificaram que, no tecido eréctil dos homens diabéticos, "o número de células em processo de morte celular é quatro vezes maior do que nos indivíduos não-diabéticos".

 

De acordo com Carla Costa, "cerca de 75 por cento dos diabéticos vão sofrer de disfunção eréctil" e muitos homens só descobrem a diabetes quando se deslocam ao médico para resolver um problema de natureza sexual.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.