Células do ouvido interno de ratos crescidas em laboratório

Novas esperanças no tratamento de deficiências auditivas

27 março 2001
  |  Partilhar:

Cientistas britânicos conseguiram cultivar em laboratório células importantes na função auditiva em ratos. A mesma técnica aplicada a células humanas pode vir a melhorar a eficácia de implantes cocleares. De forma mais imediata este feito vai permitir aos cientistas cultivar células do ouvido em laboratório e estudar o seu comportamento, identificar genes importantes na função auditiva, assim como estudar novas técnicas no tratamento da surdez.
 

 

As células isoladas e crescidas no laboratório por estes cientistas são denominadas células ciliadas e têm como função a detecção do som e a passagem da informação para o nervo auditivo que, por sua vez, transmite a mensagem ao cérebro. Estas células do ouvido interno não são reparadas ou substituídas se se danificarem e, à medida que vão desaparecendo, o nervo auditivo degenera.
 

 

Como os implantes cocleares precisam do contacto com o nervo para serem eficazes, em pacientes em que este degenerou os transplantes são insuficientes. A equipa de investigadores crê que para essas pessoas nas quais o nervo auditivo tenha regredido, a técnica de transplantar células ciliadas humanas cultivadas em laboratório pode estimular o crescimento e regeneração do nervo coclear ou auditivo.
 

 

Os investigadores estão agora a estudar como se dá o desenvolvimento destas células e como elas reagem a diferentes substâncias, por meio de ‘chips’ de genes.
 

 

Apesar de não terem ainda tentado transplantar estas células em ratos ou cultivar as células humanas correspondentes, os investigadores acreditam que estes avanços permitem antever uma maior eficácia dos implantes cocleares e o seu uso por um maior número de pessoas.
 

 

Adaptado por
 

Helder Cunha Pereira
 

MNI – Médicos Na Internet
 

 

Fonte: New Scientist

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.