Células do cordão umbilical podem tratar artrite reumatóide

Estudo publicado na revista “Arthritis Research and Therapy”

02 dezembro 2010
  |  Partilhar:

As células estaminais do cordão umbilical podem ser úteis no tratamento da artrite reumatóide, de acordo com uma investigação da Universidade de Pequim, China, publicada na revista “Arthritis Research and Therapy”.

 

Experiências com animais e in vitro têm demonstrado que as células estaminais mesenquimais extraídas do sangue do cordão umbilical podem eliminar a inflamação e atenuar a artrite induzida por colágenio.

 

Em comunicado de imprensa, o líder da investigação, Li Zhan-guo, explicou que, actualmente, muito pouco se sabe sobre as células estaminais mesenquimais do cordão umbilical, dado que, até ao momento, nenhum estudo avaliou a sua utilização no tratamento da artrite. “As células estaminais mesenquimais podem exercer imunossupressão profunda, que incentiva a sua utilização no tratamento de doenças auto-imunes, como a artrite reumatóide. Actualmente, a fonte mais comum de células estaminais mesenquimais é a medula óssea. Contudo, a aspiração da medula óssea é um procedimento invasivo e o número e o potencial de diferenciação das células estaminais mesenquimais da medula óssea também diminui com a idade. Em contrapartida, a recolha destas células no cordão umbilical não exige qualquer procedimento invasivo ".

 

Os investigadores retiraram células do sistema imunológico de pacientes com artrite e mostraram que as células estaminais mesenquimais do cordão umbilical foram capazes de anular a proliferação das células, o comportamento invasivo e respostas inflamatórias.

 

Do mesmo modo, a infusão sistemática de células estaminais mesenquimais do cordão umbilical em ratinhos foi capaz de reduzir significativamente a gravidade da artrite induzida por colágenio. Em conclusão, o líder da investigação sublinhou os factos de a artrite reumatóide ser um peso enorme para os serviços de saúde em todo o mundo e o controlo da condição não pode ser feito sem medicação a longo prazo. “Por isso, uma nova terapia e mais eficaz para a artrite será muito bem-vinda".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.