Células da medula podem tratar doenças da vista

Estudo apresenta resultados em ratinhos

28 julho 2002
  |  Partilhar:

Cientistas norte-americanos descobriram que algumas células da medula óssea talvez possam ajudar no tratamento de doenças da vista. Falta agora saber se a técnica usada com sucesso nos ratos resulta nos humanos.
 

 

Algumas das células da medula óssea podem ser eficazes no tratamento de doenças relacionadas com os olhos, como os estragos da retina provocados pela diabetes e problemas de visão ligados à idade, conclui um estudo de cientistas norte-americanos, publicado na edição de Setembro da revista «Nature Medicine».
 

 

O estudo, que foi feito a partir de experiências com ratos, demonstrou que a introdução deste tipo de células estaminais, designadas de EPC (Endothelial Precusor Cells), capazes de formar vasos sanguíneos, nos olhos destes animais fazem com que a deterioração vascular seja reduzida e caso seja feita a modificação genética das células pode mesmo impedir-se a proliferação indesejável de vasos sanguíneos.
 

 

Caso esta técnica funcione tão bem em humanos como nos ratos, poderia ser uma enorme ajuda para tratar a renitopatia diabética, doença frequente nas retinas dos pacientes com diabetes, que é, de resto, a causa principal de cegueira entre os norte-americanos activos.
 

 

A técnica poderia ainda ajudar à recuperação da degenerescência macular, que é a causa frequente para a perda de visão entre as pessoas com mais de 60 anos. A mácula é a parte central da retina.
 

 

Fonte: TSFonline
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.