Celtas são parecidos com os ibéricos

Estudo aponta semelhança genética

27 setembro 2004
  |  Partilhar:

Países celtas como a Irlanda e a Escócia têm mais coisas em comum com os portugueses e espanhóis que com os «celtas», o nome normalmente usado para um grupo de habitantes da antiga Europa alpina. «Há uma sabedoria disseminada de que a origem dos povos dessas ilhas está em invasões ou migrações ... mas as afinidades não apontam para uma origem comum no leste», disse Daniel Bradley, co-autor de um estudo genético sobre as origens dos celtas. Os primeiros historiadores acreditavam que os celtas _seriam de uma região ao leste da França moderna e ao sul da Alemanha _  tivessem invadido as ilhas do Atlântico há cerca de 2.500 anos. Mas os arqueólogos têm vindo a questionar essa teoria. Agora Bradley, do Trinity College Dublin, e sua equipa dizem que as provas encontradas sustentam essas dúvidas. Os geneticistas usaram amostras de habitantes dos países celtas e compararam-nos aos traços genéticos de habitantes do resto da Europa. O estudo mostrou que os moradores de Gales, da Escócia, da Irlanda, da Bretanha e da Cornualha têm fortes ligações genéticas, mas essa carga tem mais elementos em comum com os povos da península Ibérica. «O que propomos é que essa associação entre os povos do Atlântico seja muito mais antiga ... de pelo menos seis mil anos atrás», adiantou Bradley à Reuters. Segundo o cientista, as pessoas podem ter migrado para o norte, no fim da Era do Gelo, de regiões onde hoje ficam Portugal e Espanha. As semelhanças entre os «celtas» do Atlântico também sugeririam que essas áreas tinham um bom nível de comunicação entre si, acrescentou. Traduzido e adaptado por: Paula Pedro Martins Jornalista MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.