Casos de Lepra duplicaram em Portugal

Dados da DGS

23 agosto 2007
  |  Partilhar:

 

Os casos de Lepra duplicaram no ano passado em Portugal em relação a 2005, segundo dados oficiais da Direcção-Geral de Saúde (DGS). Os números confirmam uma tendência de aumento que pode ser explicada pela imigração de pessoas oriundas de países onde a doença é endémica.
 

 

De acordo com as estatísticas das doenças de declaração obrigatória, divulgadas recentemente pela DGS, em 2006 houve 16 casos de Lepra em Portugal, quando em 2005 se tinham detectado sete. Só no ano passado foram diagnosticados tantos casos de Lepra como os ocorridos entre 2002 e 2005.
 

 

O director do Serviço de Dermatologia do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, explicou à Lusa que este crescimento está relacionado com pessoas que chegam a Portugal vindos de países fortemente afectados pela doença, também denominada por Doença de Hansen. "São casos importados. Tem a ver com a imigração de pessoas, nomeadamente do Brasil e África, onde a doença é endémica", afirmou Jorge Cardoso.
 

 

Estima-se que mais de cinco milhões de pessoas em todo o mundo estejam infectadas com Lepra, que é mais frequente na Ásia, África, América Latina e ilhas do Pacífico.
 

 

Fontes: Lusa e sítio da DGS
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.