Casos de contramão nas auto-estradas portuguesas

Associação quer relatório sobre o novo fenómeno

21 janeiro 2004
  |  Partilhar:

 A Associação de Cidadãos Auto- Mobilizados (ACA-M) escreveu ontem ao secretário de Estado da Administração Interna a pedir a divulgação pública do relatório sobre os acidentes em contramão nas auto-estradas, informou fonte da associação à agência Lusa. A ACA-M cita «informações veiculadas» pela comunicação social, segundo as quais o secretário de Estado da Administração Interna, Nuno Magalhães, solicitou ao director-geral de Viação, em Setembro de 2003, «um relatório detalhado sobre o fenómeno». «Seria, consideramos, de interesse para o público utente a divulgação dos resultados da investigação realizada», diz a ACA-M. Na carta, assinada por Manuel João Ramos, da direcção da associação, a ACA-M refere que «importa esclarecer se a responsabilidade é apenas atribuível a erros de avaliação e a actos infractores por parte dos condutores, ou se a deficiência (ou mesmo ausência) de sinalização informativa e a má concepção dos acessos influi também para a ocorrência dessas situações». Fonte: Jornal de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.