Caso de pneumonia atípica no sul da China é apenas «suspeito»

Pequim vai enviar amostras para análises num laboratório estrangeiro

31 dezembro 2003
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indicou na terça-feira que o caso suspeito de pneumonia atípica no sul da China não passa para já disso mesmo, «suspeito», e revelou que Pequim aceitou enviar amostras para análises num laboratório estrangeiro.«O caso suspeito de SRA (Síndrome Respiratória Aguda) no sul da China permanece um caso suspeito», sublinha no seu «site» na «Internet» a OMS, depois de terça-feira o caso ter sido dado como confirmado, de manhã, pelo centro de controlo de doenças da província de Guangdong, informação desmentida horas depois pelo ministério da Saúde chinês.Sem adiantar onde ou quando é que vão ser realizadas as análises às amostras enviadas por Pequim, a OMS refere que terão lugar num laboratório estrangeiro credenciado pela organização, defendendo que «realizar testes em diversos laboratórios aperfeiçoa o processo», isto depois de múltiplos testes realizados na China não terem fornecido resultados conclusivos.O homem suspeito de estar infectado com pneumonia atípica, de 32 anos, trabalha como produtor independente de televisão e vive em Panyu, na província de Guangdong, onde teve origem o primeiro surto da doença.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.