Casal americano vai usar clonagem para tentar ter um filho

Procedimento será realizado pelo andrologista Panos Zavos

13 agosto 2002
  |  Partilhar:

Um casal norte-americano revelou que irá tentar no mês que vem a gestação de um embrião criado através da técnica da transferência nuclear. Como a clonagem humana está proibida nos EUA, disseram à CNN, o procedimento será realizado pelo andrologista Panos Zavos, num país cujo nome não foi divulgado.
 

 

O casal - que deseja manter o anonimato e por isso foi apenas identificado como Bill, um professor de 50 anos, e Kathy, uma representante comercial de 30 - pretende utilizar o ADN da mãe para tentar ter uma filha, que seria uma cópia genética de Kathy. Os médicos vão depois implantar o ADN do núcleo de uma célula adulta de Kathy num ovócito de uma mulher mais nova, ao qual foi retirado o núcleo, e o embrião assim criado será implantado no útero de outra mulher.
 

 

O casal usa um discurso semelhante ao da seita dos raelitas, que crêem que a humanidade foi criada através da clonagem de extraterrestres: Bill e Kathy afirmam que a clonagem é uma etapa da história da humanidade e que é seu destino divino terem uma criança assim. "Se Deus não quisesse que aprendêssemos a fazer estas coisas não teria permitido aos cientistas aprender a fazê-las", disse Kathy, que surgiu com o rosto escondido e a voz distorcida.
 

 

Desde que casaram, em 1993, Bill e Kathy tentaram 17 inseminações artificiais e fizeram sete tentativas de fertilização "in-vitro", sem sucesso. Por isso, decidiram dirigir-se à clínica de infertilidade de Panos Zavos, que, no ano passado, começou a colaborar com o ginecologista italiano Severino Antinori.
 

 

Fonte:Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.