Cartões inteligentes medem a febre em seis segundos

São térmicos, inteligentes e do tamanho de um cartão multibanco

01 julho 2003
  |  Partilhar:

Singapura, um dos países mais afectados pela pneumonia atípica, vai lançar no mercado os primeiros cartões térmicos inteligentes, do tamanho de um cartão multibanco, que medem a febre em seis segundos, segundo a imprensa local.
 

 

O grupo estatal Singapore Technologies e a InfoWave, responsáveis pelo projecto, anunciaram que 70 mil cartões vão estrear-se no próximo dia 09 de Agosto, coincidindo com o Dia Nacional de Singapura, indica a edição de terça-feira do jornal «The Strait Times».
 

 

Os cartões, que têm uma duração de um ano, vão ser distribuídos gratuitamente aos que participarem nas celebrações desse dia.
 

 

A partir dessa data, a companhia que os concebeu, a InfoWave, pensa comercializar 20 mil cartões por semana, a 7,4 euros cada e espera alcançar o milhão de unidades vendidas nos próximos doze meses.
 

 

As «GlowCards», concebidas em Singapura há apenas dois meses, são as primeiras do género a sair para o mercado e as mais rápidas, superando os 20 segundos que um termómetro normal demora a medir a temperatura.
 

 

A eficácia dos cartões levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a estudar a adopção dos dispositivos em situações que requerem tirar a temperatura a grandes quantidades de pessoas, como nos casos de epidemias, de que é exemplo a pneumonia atípica, acrescenta o mesmo jornal.
 

Singapura, uma das primeiras nações a ser afectada pela Síndroma Respiratória Aguda (SRA), lançou-se no desenvolvimento de mecanismos para controlar a epidemia, que infectou 206 pessoas nesta cidade-estado, matando 32.
 

 

Além dos cartões inteligentes, a Singapore Technologies já desenvolveu durante a crise da pneumonia atípica o scanner térmico utilizado em aeroportos, hospitais e universidades do país para detectar a febre.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.