Cartilagem sintética pode substituir articulações humanas

Estudo do Instituto Superior de Engenharia do Porto

13 maio 2009
  |  Partilhar:

Um método de substituição de articulações humanas por cartilagem sintética está a ser desenvolvido por um docente do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), anunciou o estabelecimento em comunicado.

 

A proposta de João Lima Lopes, que está a iniciar o doutoramento na Universidade do Minho, recebeu o "Best Power Award" no V Simpósio Internacional de Materiais, que decorreu em Abril em Lisboa, organizado pela Sociedade Portuguesa de Materiais e pelo Instituto Superior Técnico.

 

"Artrite reumatóide, acidentes, obesidade ou deficiências congénitas que podem obrigar à substituição de um membro do corpo humano têm agora uma nova esperança de tratamento", salienta o Instituto.

 

João Lopes verificou que "é possível processar materiais sintéticos com propriedades semelhantes às da cartilagem articular natural, nomeadamente baixo atrito e considerável resistência mecânica, para que possam substituir parcialmente zonas danificadas da cartilagem".

 

Segundo o ISEP, "trata-se de um substituto sintético da cartilagem humana que poderá revolucionar a vida de milhares de pessoas e que, no futuro, poderia ser uma solução definitiva e não uma opção transitória".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.