Cartão de saúde transfronteiriço em análise

Portugueses e galegos poderão partilhar serviços de saúde

23 março 2011
  |  Partilhar:

As autoridades portuguesas e espanholas estão a estudar um cartão de saúde transfronteiriço, adiantou à agência Lusa o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Manuel Pizarro.

 

Portugal e Espanha assinaram, em Abril de 2010, um memorando de entendimento para aprofundar a cooperação transfronteiriça na saúde com o objectivo de “trazer vantagens aos cidadãos dos dois lados da fronteira”, recordou, em conferência de imprensa, Manuel Pizarro.

 

Neste contexto de cooperação transfronteiriça vão ser criados dois grupos de trabalho: um regional, para “discutir” questões relacionadas com a gestão da utilização dos serviços entre o Norte de Portugal e a Galiza, e outro centrado na Eurocidade Chaves – Verín.  Segundo Manuel Pizarro, estes dois grupos de trabalho deverão começar a trabalhar em Abril e “no mês de Maio são já esperados resultados”. No entanto, acrescentou, “esperamos ter efeitos práticos desta iniciativa ainda neste ano”.

 

Numa primeira fase, a cooperação entre Chaves e Verín irá centrar-se no transporte de doentes em situações de urgência hospitalar, na partilha de serviços de saúde e formação de profissionais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.

<