Cardo tem potenciais propriedades anti-tumorais

Estudo do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Baixo Alentejo e Litoral

06 outubro 2011
  |  Partilhar:

O cardo, planta usada no fabrico de queijo, tem potenciais propriedades anti-tumorais que poderão prevenir e tratar dois tipos de cancro, um da mama e outro do fígado, pouco frequentes mas fatais, defendem cientistas.

 

Este é um dos resultados de uma linha de investigação sobre o potencial anti-tumoral dos extractos do cardo seguida por cientistas do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Baixo Alentejo e Litoral (CEBAL), situado em Beja.

 

A equipa, liderada por Fátima Duarte, estuda desde 2008 o potencial do cardo para prevenir e tratar doenças, nomeadamente os dois tipos de cancro. Estudos e a medicina popular, através do uso do cardo em mezinhas, como infusões para tratar problemas digestivos, indicavam que a planta “poderia ter compostos muito interessantes” a nível fitoterapêutico (uso de compostos naturais para prevenir e tratar doenças), explicou à Lusa Fátima Duarte.

 

O estudo indicou que o extracto da folha “parece ser o mais activo ou o que tem mais potencialidade fitoterapêutica”. “Neste momento não posso dizer que o extracto da folha consegue ser um tratamento eficaz”, mas, através de ensaios in vitro, com recurso a um modelo de um tipo de cancro da mama, o trabalho tem mostrado que “conseguimos bloquear o crescimento das células tumorais” quando são incubadas com o extracto da folha do cardo, disse.

 

A equipa está a iniciar a identificação e a caracterização química dos compostos do extracto da folha do cardo, para saber qual ou quais os compostos têm um potencial anti-tumoral, disse, frisando que talvez “não se trata de um composto, mas de uma sinergia entre compostos”. Por outro lado, a equipa vai tentar perceber se o extracto “consegue influenciar a mobilidade das células tumorais”, porque um tumor tem o “poder” de desenvolver metástases.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.