Cardíacos especialmente sensíveis à poluição atmosférica

Monóxido de carbono associado a mais crises e mortes

13 novembro 2003
  |  Partilhar:

Os doentes cardíacos encontram-se entre as pessoas mais sensíveis aos picos de poluição atmosférica, que podem desencadear uma crise cardíaca ou um acidente vascular cerebral de consequências fatais, indicam estudos europeus divulgados quarta-feira.Estas investigações, feitas na Grécia e em França, relacionam directamente o aumento da taxa de partículas finas atribuíveis ao gasóleo no ar ao número de pessoas transportadas às urgências hospitalares e ao de mortes associadas às doenças cardio-vasculares.Para o epidemiologista Demosthenes Panagiotakos, da Faculdade de Medicina de Atenas, «a descoberta mais importante é que um aumento de 10 mícrons (por metro cúbico) de monóxido de carbono (CO) está associado a um salto de 46 por cento nas mortes por doenças cardio- vascular».Com base no seu estudo estatístico, este investigador estimou que um aumento de 1 mícron de CO por metro cúbico se traduz em duas mortes suplementares por dia em Atenas, onde a média de mortes por doenças cardio-vasculares era de 35 por dia durante um estudo feito entre 1992 e 1997.Por seu lado, o estudo francês, realizado entre o início de 2001 e o final de 2002, liga directamente a poluição atmosférica ao número de crises cardíacas e refere que os efeitos dos picos de poluição são mais dramáticos para os fumadores.Quando a poluição atingiu o nível mais elevado, durante um período de 18 dias na região estudada, os riscos de crise cardíaca revelaram-se 161 por cento mais elevados do que na população em geral e 250 por cento mais elevados entre os fumadores, explicou Yves Cottin, da Universidade de Dijon.Estes estudos foram apresentados numa reunião científica da Associação Americana de Cardiologia que terminou quarta-feira em Orlando, na Florida.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.