Cannabis poderá servir para tratar tumores

Elementos químicos bloqueiam o crescimento dos vasos sanguíneos

16 agosto 2004
  |  Partilhar:

Os componentes químicos do cannabis poderão ser a base de um tratamento para o cancro do cérebro, por atrasarem o crescimento dos vasos sanguíneos que alimentam os tumores, indica um estudo realizado por cientistas espanhóis.

 

Uma equipa de investigadores da Universidade Complutense de Madrid dirigido pelo professor Manuel Guzman descobriu que os canabinóides parecem bloquear os genes que constituem a proteína conhecida como VEFG (o factor de crescimento do endotélio vascular), que estimula o aparecimento desses vasos sanguíneos.

 

O bloqueio do abastecimento de sangue aos tumores é uma das últimas estratégias contra o cancro investigadas pelos peritos, podendo este trabalho contribuir para a busca de novos tratamentos.No estudo, publicado no domingo pela revista Câncer Journal, os cientistas demonstram que os canabinóides reduziram significativamente a actividade da VEGF em ratinhos de laboratório.

 

Também baixaram o nível da proteína em amostras de tecido cancerígeno extraído de dois doentes com gliobastoma multiforme, o mais mortal tumor cerebral.Só seis por cento destes pacientes sobrevive mais de três anos.Os investigadores já tinham antes demonstrado que os canabinóides inibem o crescimento dos vasos sanguíneos nos ratinhos.

 

A novidade do novo estudo é que revela o mecanismo através do qual se atrasa esse crescimento e demonstra que é aplicável tanto aos ratinhos como às pessoas.

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.