Cancro no topo das preocupações dos portugueses

Estudo revela que a doença inquieta mais que desemprego

18 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

 

A saúde é a questão que mais preocupa os portugueses (94,4%), muito à frente da manutenção do emprego, da guerra e da fome. Mesmo entre as doenças que causam maior receio, o cancro lidera (85%), seguido das doenças cardiovasculares e da sida. Estas são algumas conclusões de um estudo apresentando recentemente, em Lisboa, pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, a Sociedade Portuguesa de Oncologia, o Grupo de Investigação do Cancro Digestivo e a farmacêutica Roche.
 

 

Entre os 384 portugueses inquiridos por telefone, de 17 a 28 de Fevereiro, 90% acreditam que vai ser encontrada a cura para o cancro e, desses, 41% consideram a meta alcançável em dez anos.
 

 

A evolução científica no tratamento do cancro recebe nota positiva, principalmente no aumento da qualidade de vida do doente (36%), aumento da sobrevivência (33,8%) e eficácia dos tratamentos (34,6%). Os portugueses vêem os cancros do pulmão e colo-rectal os mais difíceis de curar e os cancros da mama e da próstata como os mais curáveis.
 

 

Durante a divulgação do estudo foi anunciado um novo medicamento para o cancro colo-rectal (Bevacizumab), que inibe o desenvolvimento dos vasos sanguíneos que alimentam o tumor e, combinado com quimioterapia, aumenta em 30 % a sobrevivência dos doentes.
 

 

Fonte: Jornal de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.