Cancro: mais uma boa razão para consumir brócolos

Estudo publicado na revista “Clinical Epigenetics”

05 março 2012
  |  Partilhar:

Investigadores americanos descobriram uma outra razão pela qual o sulforafano, um dos compostos presentes nos brócolos e noutros legumes, ajuda na prevenção do cancro, dá conta um estudo publicado na revista “Clinical Epigenetics”.

 

O sulforafano foi identificado, há uns anos atrás, como um dos principais responsáveis pelos efeitos benéficos apresentados pelos vegetais crucíferos, nos quais se incluem os brócolos. Por outro lado, os investigadores constataram que estes efeitos envolviam uma família de enzimas, as histonas desacetilases, que interferem com o normal funcionamento dos genes supressores dos tumores.

 

Os inibidores destas enzimas, como o sulforafano, podem ajudar a restaurar o equilíbrio e ajudar na prevenção do desenvolvimento do cancro. Neste novo estudo os investigadores da Oregon State University, nos EUA, descobriram um novo mecanismo epigenético, a metilação do ADN, o qual desempenha um papel semelhante.

 

A epigenética refere-se não só ao código genético mas também à forma como a dieta, toxinas e outros fatores podem alterar quais os genes que estão ativos. Assim este ramo da genética pode ter um papel importante em vários problemas da saúde, desde o cancro às doenças cardíacas.

 

“Ao que parece a metilação do ADN e a inibição das histonas desacetilases, que podem ser influenciadas pelo sulforafano, trabalham em conjunto para manter um bom funcionamento celular”, revelou, em comunicado de imprensa, uma das autoras do estudo, Emily Ho.

 

“É cada vez mais evidente que o sulforafano consegue atuar de vários modos. Quanto mais investigamos este composto, mais benefícios encontramos”, conclui a investigadora.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.