Cancro e o “manto de invisibilidade”

Estudo publicado na revista “Scientific Reports”

29 setembro 2016
  |  Partilhar:

Investigadores do Canadá descobriram como as células se tornam invisíveis para o sistema imunitário, um passo essencial que permite aos tumores metastizarem e se disseminarem no organismo, revela um estudo publicado na revista “Scientific Reports”.
 

Wilfred Jefferies, líder do estudo, explica que o sistema imunitário é eficaz a identificar e a impedir a disseminação dos tumores primários. Contudo, quando os tumores metastáticos aparecem, o sistema imunitário deixa de ser capaz de reconhecer e travar as células cancerígenas.
 

As células do cancro evoluem e sofrem alterações genéticas ao logo do tempo. Os investigadores da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá, descobriram que à medida que evoluem, estas células perdem a capacidade de produzir uma proteína conhecida por interleuquina-33 (IL-33). Quando a IL-33 desparece no tumor, o sistema imunitário não tem como reconhecer as células cancerígenas e começam a disseminar-se ou a metastizar.
 

O estudo apurou que a perda da IL-33 ocorre nos carcinomas epiteliais, ou seja, os cancros que têm início nos tecidos das superfícies dos órgãos. Estes cancros incluem o da próstata, rim, mama, pulmão, colo do útero, pâncreas, pele e muitos outros.
 

Após terem analisado centenas de pacientes, conjuntamente com cientistas do Centro da Próstata, em Vancouver, os investigadores constataram que os pacientes com cancro da próstata ou do rim cujos tumores perderam a IL-33 tinham uma recidiva mais rápida durante um período de cinco anos.
 

Os investigadores estão a começar a testar se a IL-33 é uma forma eficaz de monitorizar a progressão de determinadas cancros.
 

De acordo com Iryna Saranchova, uma das autoras do estudo, a IL-33 pode ser considerada um dos primeiros biomarcadores para o cancro da próstata.
 

Há muito que os investigadores estão a tentar utilizar o próprio sistema imunitário para combater o cancro. Contudo, só nas últimas décadas é que foram identificados tratamentos com algum potencial.
 

Este estudo sugere assim que a reintrodução da IL-33 nos cancros metastáticos ajuda a reativar a capacidade de o sistema imunitário reconhecer os tumores.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar