Cancro do fígado curado com reforço do sistema imunitário

Doente terminal reverte doença

09 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

Investigadores espanhóis conseguiram curar um cancro do fígado através do reforço do sistema imunitário do paciente, o que poderá abrir uma nova linha de tratamento se a sua eficácia se confirmar num ensaio clínico.
 

Os resultados da terapia, publicados pela revista «Journal of Clinical Research», baseiam-se no estímulo da medula óssea para aumentar a produção de neutrófilos (um dos cinco tipos de glóbulos brancos do sangue), mediante fármacos que já são utilizados para outras situações.
 

 

António Bru, principal autor da investigação e que a estuda há 12 anos, espera que os bons resultados obtidos com o paciente se confirmem num ensaio clínico cuja realização deverá em breve receber luz verde do governo. A investigação de Bru, professor de Matemática Aplicada na Universidade Complutense de Madrid, baseou-se no estudo do crescimento dos tumores sólidos e na procura de uma terapia para os bloquear.
 

 

Depois de ensaios matemáticos comprovados e da sua experimentação em animais, o processo foi tentado num paciente que se encontrava em fase terminal e a quem os médicos davam menos de dois meses de vida. Após um tratamento de alguns meses e quase sem efeitos secundários, o paciente em causa pôde voltar ao seu trabalho como professor.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.