Cancro do esófago pode ter origem no estômago

Estudo pode ajudar a adiantar diagnóstico

27 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Investigadores brasileiros descobriram que a origem do cancro do esófago não está necessariamente no esófago. As raízes do tumor, segundo um estudo que envolveu mais de 70 pacientes, podem estar mais abaixo, na boca do estômago, numa região conhecida como cárdia.
 

 

O estudo apresentado na revista Cancer Research é assinado pelos cientistas brasileiros do Hospital do Cancro, Instituto Ludwig e Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo.
 

 

Os investigadores decidiram analisar a fundo o adenocarcinoma do esófago - um dos dois tipos de tumor que atacam o órgão e cuja incidência tem vindo a aumentar nos países desenvolvidos.
 

 

Ao examinaram os genes das células tumorais descobriram que a sua configuração se assemelha muito mais à expressão das células do estômago do que às do esófago. "O que isso nos diz é que talvez o tumor não tenha origem no esófago, mas na mucosa da cárdia, e depois migre para cima", explicou o coordenador do estudo, Luiz Fernando Lima Reis, do Ludwig e Hospital do Câncer. "Se isso for verdade e quisermos fazer o diagnóstico precoce, não adianta só fazer a biopsia do esófago; é também preciso olhar para a cárdia", explica o médico André Montagnini, do mesmo hospital. Dessa forma, seria possível detectar o cancro ainda numa fase inicial, antes do tumor subir para o esófago.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.