Cancro da tiróide afecta cerca de 500 portugueses por ano

Mulheres são quatro vezes mais atingidas do que os homens

02 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

O cancro da tiróide afecta todos os anos, segundo os dados mais recentes, 25 mil pessoas na Europa, provocando cerca de seis mil mortes. Em Portugal, estima-se que, anualmente, sejam afectados mais de 500 portugueses com este tipo de carcinoma, entre os quais cerca de 75 acabam por falecer. O cancro da tiróide é cerca de quatro vezes mais frequente nas mulheres do que nos homens.
 

 

Estas e outras questão estarão em debate amanhã, nas 5.as Jornadas de Endocrinologia do Hospital Militar, que ocorrem no Instituto de Altos Estudos Militares em Lisboa, e que reúne os maiores especialistas nacionais.
 

 

Após a cirurgia, surge outro problema bastante comum e grave para os doentes que são os episódios de hipotiroidismo, caracterizados por: cansaço, ganho de peso, olhos e rosto inchados, esquecimento, depressão, distúrbios menstruais e obstipação.
 

 

Numa perspectiva de melhorar a qualidade de vida dos doentes com carcinoma da tiróide, foi elaborado recentemente o primeiro Consenso para o Tratamento do Cancro da Tiróide em Portugal. Segundo Fernando Rodrigues, endocrinologista e um dos responsáveis pelo documento, «o Protocolo pretende proporcionar linhas de orientação a todos aqueles que se encontram envolvidos na assistência aos doentes com cancro da tiróide».
 

 

MNI-Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.