Cancro Colo do Útero: DGS avalia entrada de vacina no PNV

Circular informativa

19 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

A Direcção-Geral da Saúde começou a avaliar se a nova vacina contra o Cancro do Colo do Útero pode entrar para o Programa Nacional de Vacinação (PNV), tornando-se gratuita, mas não há ainda prazos para a recomendação final.
 

 

Uma circular informativa divulgada no site da Direcção-Geral da Saúde (DGS) dá conta do início do processo e indica que será avaliada a vacina, bem como a doença no que diz respeito "aos seus benefícios, riscos, custos e interesse para a saúde pública".
 

 

Segundo a DGS, "persistem algumas questões em aberto [sobre a vacina], nomeadamente a protecção que será conferida a longo termo, as consequências que a vacina possam vir a ter nos programas de rastreio do Cancro do Colo do Útero e aspectos relacionados com o seu custo-efectividade".
 

 

A DGS indica ainda que a incidência estimada do Cancro do Colo do Útero em Portugal é de mil novos casos por ano e "recomenda fortemente que os programas de rastreio do Cancro do Colo do Útero sejam reforçados, independentemente da utilização da vacina".
 

 

A primeira vacina contra o Cancro do Colo do Útero está disponível em Portugal há um mês, a um custo de 160 euros por cada uma das três doses necessárias.
 

 

Fontes: DGS e Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.