Campanha apela à doação de óvulos e espermatozoides

Iniciativa da Associação Portuguesa de Fertilidade

20 abril 2016
  |  Partilhar:

A Associação Portuguesa de Fertilidade vai em breve lançar uma campanha para doação de óvulos e espermatozoides junto das universidades e associação de estudantes.
 

De acordo com a notícia avançada pela agência Lusa, a campanha incluirá a afixação de cartazes e distribuição de folhetos explicativos do processo, contando-se atualmente 104 faculdades e institutos politécnicos que já aceitaram divulgar a campanha juntos dos seus alunos.
 

Segundo Cláudia Vieira, presidente da Associação Portuguesa de Fertilidade, “há muitos casais que precisam da doação de gâmetas (óvulos e/ou espermatozoides) para conseguirem concretizar o sonho de serem pais. Estes casais apenas podem contar com o altruísmo de outras pessoas, que aceitam doar os seus gâmetas”.
 

"É um primeiro passo para abordar esta questão, que ainda levanta tantas dúvidas à sociedade em geral. O que queremos é que as pessoas percebam que este é um gesto altruísta, que ajudará um casal a concretizar o sonho de uma vida”, acrescentou.
 

A falta de dadores é um problema há muito reconhecido pela Associação Portuguesa de Fertilidade. Em janeiro, a agência Lusa noticiou que o único banco público de gâmetas em Portugal não dispunha de sémen de dadores de raça negra.
 

Os gâmetas deste banco são angariados através de dadores, que para tal recebem a compensação financeira definida por lei, e utilizados em casais que são seguidos no centro de Procriação Medicamente Assistida (PMA) do Centro Hospitalar do Porto.
 

No entanto, o banco foi criado com o objetivo de os gâmetas armazenados serem disponibilizados, não só para os utentes desta unidade de saúde, mas para todas as instituições públicas que o solicitassem, o que ainda não acontece.
 

Desde o seu início, o banco tem-se deparado com dificuldades na obtenção de dadores, sendo que estes têm de obedecer a um conjunto de critérios, além do seu material genético necessitar de um tempo de “quarentena” antes de ser disponibilizado.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.