Câmara de descompressão devolve visão a doente cego
06 novembro 2001
  |  Partilhar:

Investigadores israelitas devolveram a visão a um cego que trataram numa câmara de descompressão, através de uma técnica revolucionária que ensaiaram no Hospital Rambam, de Haifa, norte do país.
 

 

Esta técnica devolveu totalmente a visão ao paciente depois de oftalmologistas lhe terem diagnosticado uma cegueira irreversível.
 

 

O paciente, de 54 anos, havia perdido a visão no olho esquerdo em consequência de um coágulo de sangue que bloqueara a artéria principal através da qual circula o sangue até à retina, explicou o chefe do departamento de oftalmologia do Hospital, Binyamín Miller.
 

 

«Investigações em macacos mostraram há anos que se a retina se vê privada de oxigénio durante mais de 100 minutos, a cegueira é irreversível», acrescentou o perito.
 

 

O tratamento normal utilizado em pacientes nestas condições é diminuir a pressão dentro do olho e expandir os vasos sanguíneos pouco depois de se produzir o coágulo, o que, em alguns casos, devolve parcialmente a visão aos afectados.
 

 

Os oftalmologistas do Hospital Rambam são pioneiros no tratamento da cegueira através da câmara hiperbárica, uma ferramenta originalmente utilizada para casos de embolias gasosas.
 

 

As primeiras câmaras de descompressão foram utilizadas para as intoxicações por monóxido de carbono e no salvamento de mergulhadores que subiam rapidamente à superfície, após mergulhos para baixo dos dez metros sem equipamento adequado.
 

 

«Trata-se de um caso extraordinário uma vez que o doente padecia de cegueira total num olho e recuperou a visão plenamente após o tratamento na câmara», referiu Miller.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.