Calores da Menopausa persistem durante mais de 10 anos

Estudo publicado na revista “Archives of Internal Medicine”

29 abril 2008
  |  Partilhar:

Um estudo da University of California, nos EUA, demonstra que os afrontamentos que acometem as mulheres no período da menopausa podem persistir durante mais de 10 anos.
 

 

O trabalho publicado na revista “Archives of Internal Medicine” procurou saber que sintomas decorrentes da menopausa poderiam durar mais tempo.
 

 

Foram acompanhadas 3 700 mulheres durante mais de 10 anos, sendo que, no início do estudo, pelo menos 10% se queixavam de sensações súbitas de calores que incomodavam o seu dia-a-dia. Através de questionários feitos às voluntárias foi possível identificar os grupos mais propensos a apresentar sintomas mais duradouros.
 

 

Os calores mais intensos tinham uma ligação directa com o nível de escolaridade das mulheres, bem como, maior índice de massa corporal, início precoce da menopausa e níveis elevados de gordura no sangue.
 

 

Segundo os cientistas, os dados surpreendentes saídos deste estudo estão no facto de mais da metade das mulheres com essas características manterem sintomas intensos e desconfortáveis 10 anos após o início da menopausa.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 1
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.