Cafeína reduz fluxo sanguíneo durante exercício em grandes altitudes

Estudo questiona efeito em doentes cardíacos

17 janeiro 2006
  |  Partilhar:

A cafeína presente em duas chávenas de café reduz o fluxo sanguíneo durante a prática de exercício físico, especialmente em grandes altitudes, segundo um estudo do University of Zürich Hospital, na Suíça. O autor do estudo, Mehdi Namdar, explica que as pessoas saudáveis praticamente não sentem os efeitos dessa redução durante as caminhadas, mesmo as mais «violentas». Mas, segundo o especialista, pessoas com problemas arteriais podem ter problemas. O estudo apurou o fluxo cardíaco e os efeitos da cafeína em 16 voluntários saudáveis durante as fases de repouso e da prática de exercício. Os «atletas» recrutados fizeram cinco minutos de bicicleta num ritmo crescente: Depois inalaram ar com baixa concentração de oxigénio -para simular uma altitude de 4.500 metros e voltaram a andar de bicicleta. Após esta etapa, os voluntários beberam o equivalente a duas chávenas de café. Depois de 50 minutos, repetiram o exercício nas duas condições. As duas chávenas de café aumentaram o fluxo sanguíneo no estado de repouso. Mas, durante o exercício, a cafeína reduziu a passagem de sangue pelo coração. Segundo o estudo, a reserva de fluxo coronária -uma quantidade adicional de sangue que pode ser fornecida ao coração durante situações de stress, como o exercício – caiu 36 por cento, durante a actividade física ao nível do mar e 56 por cento com baixa concentração de oxigénio. MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.