Café pode reduzir risco de cancro da mama

Estudo publicado no International Journal of Cancer

26 julho 2006
  |  Partilhar:

O consumo de café reduziria de forma significativa o aparecimento de cancro da mama em mulheres com alto risco de desenvolver a doença, segundo sugere um estudo publicado no International Journal of Cancer.Segundo a pesquisa da University of Toronto, as mulheres que consomem entre uma a três chávenas de café por dia reduzem em 10% o risco de desenvolver cancro da mama. O número sobe para 25% para quem consome de quatro a cinco chávenas e até 69% para um consumo maior."Constatámos, entre as mulheres que bebiam seis ou mais chávenas de café por dia, uma redução de quase 75% no aparecimento de cancro da mama", afirmou Steve Narod, líder da investigação e um dos principais especialistas mundiais nessa área.O estudo foi feito com 1.690 mulheres, no Canadá, EUA, Israel e Polónia. A pesquisa foi efectuada em mulheres que apresentavam mutações dos genes BRCA1 e BRCA2, que implicam um risco até 80% de desenvolver cancro da mama. Os resultados positivos referem-se principalmente às mulheres portadoras do gene BRCA1, que representavam 77% das analisadas.O professor Narod também integrou a equipa internacional que descobriu e isolou esses genes há uma década.MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.